sábado, 17 de setembro de 2011

Bolsas de estudo para os alunos do interior de Pernambuco (Proupe)



Os jovens do interior do estado estão mais próximos da formação superior. O programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe) foi aprovado pela comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa. O Projeto, de autoria do governo estadual, concede bolsas de estudos para alunos do ensino superior em unidades educacionais do estado nos municípios beneficiados. Mesmo sendo destinados para todos os cursos que as Autarquias Municipais de Ensino Superior dispõem, as licenciaturas terão um número maior de vagas, especialmente as áreas de física, química e matemática.

Os alunos que desejarem ganhar o benefício, deverão participar de processo seletivo da instituição e/ou mediante nota do Enem. As bolsas serão destinadas apenas para aqueles que não concluíram o ensino superior. Os incentivos concedidos poderão ser integrais, que correspondem ao valor de R$ 220,00, ou parciais, R$ 55,00. Além disso, o projeto prevê que o beneficiado “obrigar-se-á à prestação de atividades didático-pedagógicas nas escolas públicas municipais e estaduais, mediante acompanhamento a alunos com dificuldades de aprendizagem, sob supervisão docente indireta, em cumprimento ao componente curricular de prática de ensino.”

Segundo a presidente da comissão, deputada Teresa Leitão (PT), o programa é de grande importância porque resgata o valor dos cursos de licenciatura. “Esse sistema cria uma política de incentivo a formação de professores”, disse. De acordo com ela, os cursos que licenciam, especialmente física, química e matemática, andam carentes. Muitos jovens não querem mais se formarem nessas áreas por conta dá má remuneração e desvalorização dessas profissões, e por isso teriam prioridade na oferta das bolsas. “É um modo de mantê-las (licenciaturas) funcionando. A falta de profissionais nesses campos é notória”, declarou Leitão.

O Proupe encaminhado pelo governador, Eduardo Campos (PSB), para a Alepe no último dia 28 de junho. Depois de tramitar pelas comissões da Casa por quase três meses, o projeto segue agora para a votação no plenário. Teresa Leitão afirmou que os deputados deverão votar na próxima semana. Se aprovada, a proposição vai beneficiar alunos das treze unidades educacionais, que abrigam cerca de 20 mil alunos e quase mil professores. Os municípios que têm Autarquias Municipais de Ensino são Cabo de Santo Agostinho, Palmares, Limoeiro, Goiana, Belo Jardim, Arcoverde, Garanhuns, Belém do São Francisco, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Salgueiro, Araripina e Petrolina.

Fonte: Diário de Pernambuco 
Gazeta Interativa
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei.

Número Total de Visitas

Siga por E-mail

Translate

As Mais Vistas da Semana

Sintraf - Sairé

Arquivo do blog

Todos os Direitos Reservados à Washington Carvalho e Grupo UEEPAA de Comunicação. Tecnologia do Blogger.
uery.min.js' type='text/javascript'/>