sexta-feira, 25 de maio de 2012

O descaso com a saúde se estende na zona rural de Agrestina



O descaso que a população da vila Barra do Chata (Zona rural de Agrestina), vem sofrendo é evidente. Desde novembro do ano passado o vereador da base da prefeita Severino Romão (PSB) vem informando no seu discurso que fora disponibilizados 100 mil reais para o saneamento básico, mas já estamos em maio de 2012, ou seja, seis meses depois e nada foi feito a respeito.

A situação é crítica, pois os dejetos humanos se encontram expostos a céu aberto, uma verdadeira falta de respeito a esse povo trabalhador e acolhedor, que paga seus impostos.

Segundo o Ministério da Saúde, doenças como hepatite, giardíase, disenteria amebiana, diarreia por vírus, tifóide, febre paratifóide, disenteria bacterianas como cólera, ascaridíase (lombriga), tricuríase, ancilostomíase (amarelão), teníase, cisticercose e esquistossomose são causadas pela falta de saneamento básico.

Acompanhem abaixo o abandono e a falta de compromisso de uma verdadeira administração irresponsável e descompromissada para com o povo:




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei.

Número Total de Visitas

Siga por E-mail

Translate

As Mais Vistas da Semana

Sintraf - Sairé

Arquivo do blog

Todos os Direitos Reservados à Washington Carvalho e Grupo UEEPAA de Comunicação. Tecnologia do Blogger.
uery.min.js' type='text/javascript'/>