quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

A CRÔNICA DA SEMANA O CINQUENTENÁRIO DE SAIRÉ



RONALDO J SOUTO MAIOR
RONALDO J SOUTO MAIOR
  Aconteceu no dia 23 de Dezembro passado as festividades cívicas comemorativas ao CINQUENTENÁRIO DO MUNICÍPIO DE SAIRÉ. Um fato dignamente comemorado, com uma caprichada programação, que obedeceu a seguinte ordem: 20 de dezembro: Durante o dia Exposição fotográfica – memórias e histórias de Sairé, na Praça São Miguel; às 20 horas, MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS, na Pç São Miguel; DIA 21, às 20 horas: CULTO EM AÇÃO DE GRAÇAS, na Pç São Miguel;DIA 22, às 9 horas – NATAL DAS CRIANÇAS, com distribuição de presentes e Parque de Diversão, na Pç São Miguel; DIA 23, às 15 horas – INAUGURAÇÃO DO MUSEU MUNICIPAL, localizado ao lado da tradicional IGREJA-MATRIZ DE SÃO MIGUEL, na Pç São Miguel; às 20 horas – Solenidade de apresentação dos símbolos municipais: Hino, Bandeira e Brasão; Apresentação do LIVRO MEMÓRIAS E HISTÓRIAS DE SAIRÉ; Entrega da ORDEM DO MÉRITO aos 50  homenageados que contribuíram para a História de Sairé. Local: PRAÇA SÃO MIGUEL.
     O fato exposto tem um aspecto importante, talvez nunca registrado nos municípios pernambucanos: justamente todo ato desenvolvido para assinalar a criação do município de Sairé decorreu PUBLICAMENTE, nada de locais fechados, com convidados sem destaques, tudo foi realizado para o povo – FESTA DO POVO PARA O POVO! -, mostrando que o prefeito FERNANDO PERGENTINO realmente veio para governar um povo sem olhar camadas sociais.
    Um outro aspecto importante, que também não ocorre na maioria dos municípios, é o reconhecimento da importância daqueles que pesquisam e escrevem a história de um povo, justamente assim procedeu FERNANDO PERGENTINO, agradecendo aos que se dedicaram a registrar fatos e nomes importantes da terra de Sairé, conferiu a ORDEM DO MÉRITO DO CINQUENTENÁRIO DE SAIRÉ, entre eles a minha pessoa, motivo que quero deixar marcado o meu sincero agradecimento `esse homem público que  sabe reconhecer a importância do trabalho dos historiadores, que sem nenhum apoio, lapidam a pedra bruta, revelando o desconhecido para uma sociedade, automaticamente preservando grande parte da história de um povo, cuja memória estava sob a poeira do tempo.
   Como se sabe, São Miguel era o 3º Distrito dos Bezerros, no dia cinco de janeiro de 1912, com a remoção do Distrito de Boa Vista para a então Vila de São Miguel, atendendo-se solicitação  do Conselheiro Municipal, CAPITÃO JOSÉ FRANCISCO DE FIGUEIREDO LIMA. Na mesma ocasião, foi nomeado Juiz desse Distrito o TENENTE JOSÉ D’AZEVEDO E SILVA. Era o marco da dominação política dos “caianistas”, favorecida com  queda de Rosa e Silva.
   Considerado como seleiro agrícola do município, SÃO MIGUEL foi se destacando social e economicamente, se fazendo presente no mundo político da sede municipal, e como prova robusta, o Coronel José Pessoa, que há muito lutava pelos interesses da comunidade, foi eleito prefeito do município dos Bezerros por várias vezes – 1916 -  1922 e em 1930 é indicado para assumir o governo municipal, vindo falecer no dia 25 de janeiro de 1934, indo completar 80 anos de sua morte. Homens robustos com Cazuzinha, ardoroso na fé cristã, foi o idealizador da construção da Igreja de São Miguel, e reunindo amigos e correligionários, lutou até sua morte pelo êxito da empreitada, teve grande parceiro o seu irmão MAJOR JOÃO PESSOA, artesão hábil, que construiu parte do Altar-mor.
   Em 1940, por influência de MÁRIO MELO, São Miguel teve seu nome alterado para SAIRÉ, sem nenhum respeito à população – a qual não foi consultada -, e pego de surpresa, passando a se denominar de SAIRÉ,  NA LINGUAGEM INDÍGINA – balaio de CIPÓ -.
   Pela Lei nº 92, de 23 de dezembro de 1963, é criado o município de SAIRÉ, sendo nomeado seu primeiro prefeito – TENENTE LUIZ GONZAGA DE OLIVEIRA E SILVA, pelo Governador, Sr. Miguel Arraes de Alencar. Com a Revolução de Março de 1964, o prefeito é deposto, assumindo o TENENTE CLÁUDIO BEZERRA DA SILVA, nomeado pelo governador em exercício, Dr. Paulo Guerra. Em agosto desse mesmo ano, é nomeado prefeito o jovem AIRTON JOSÉ ASCONCELOS, assumindo até a realização das eleições, em 1965, elegendo-se o fazendeiro SEVERINO PESSOA PONTES.
   Nesta minuta exposição, um pouco da História de Sairé foca um ângulo muito importante, deixando bem claro que o povo de SAIRÉ sabe traçar seu destino com FÉ e SABEDORIA. PARABÉNS SAIRÉ!!!.
Fonte: Bezerros News
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei.

Número Total de Visitas

Siga por E-mail

Translate

As Mais Vistas da Semana

Sintraf - Sairé

Arquivo do blog

Todos os Direitos Reservados à Washington Carvalho e Grupo UEEPAA de Comunicação. Tecnologia do Blogger.
uery.min.js' type='text/javascript'/>