quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Para falar de Forró: Bate Papo com Xampu Lopes [Banda Aquárius]


Xampu Lopes
(equipe) Como surgiu a banda Aquárius?

(Xampú Lopes) Foi em 1988.Tocava todo tipo de música[banda baile],não era uma banda de forró.

Como Xampu chegou à banda?

Eu fui convidado pelo primeiro guitarrista [Jacinto]. Na hora em que a banda estava tocando ele me chamou para cantar uma música [meu trabalho não era conhecido],subi cantei e o Emanuel Gurgel estava lá. No outro dia ele mandou me chamar, e eu estava na banda.
A banda já tinha gravado?

Sim,já tinha gravado os Engomados do Forró [primeiro LP]

Você entrou no segundo?

Isso,entrei no Asas da Imaginação. Trabalho que fez a banda ganha outros estados, o primeiro que nos abraçou foi Pernambuco.

Foi a Olhinhos de fogueira gravada nesse trabalho que fez sua voz ficar reconhecida?

Essa música ainda hoje é o hino do São João do Brasil, mas Tem Gente foi a canção que marcou minha carreira.

É um hino do forró?

Rapaz,acredita que depois de 15 anos as pessoas ainda pedem nos shows? Uma música hoje dura no máximo 3 meses!

O álbum Tem Gente foi o mais reconhecido?

Foi o mais reconhecido porque além de Tem Gente, teve Fã de Eliane com Chico Lopez que virou hit.

Da para perceber que a música entrou no final do CD, é um ao vivão, sem pretensão.

A Fã de Eliane foi uma brincadeira, a gente era a banda irreverente da SomZoom. Foi gravada na Brisa do Lago e o  Emanuel colocou para completar o disco.

Como foi isso?

O Chico Lopez estava esperando desde as 15h e a banda chegou às 20h [risos] .Ele pediu para entrar no meio do show,a gente nem sabia que estava gravado.

E o "Xampu", saiu de onde?

Foi o Luiz Weber [dono da Zanzibar] que na época tinha um baiano em seu trio com esse nome.O cara foi embora e eu tinha um rastafári igual ao dele, aí ele começou a me chamar de Xampu.

Percebo que o álbum Tem Gente estava bem à frente do seu tempo, como foi a concepção?

Quem conhece esse trabalho percebe que ele tem vários tipos de músicas diferente que foge até do forró,mas isso porque a Aquárius era muito irreverente, humor e forró andavam juntos. Porém não esquecíamos das boas letras de Rita de Cássia,Luiz Fidelis...

Depois veio o Amor Canibal,com a canção que deu título ao álbum e Tudo de Dois, que me parecem pelo estilo da época, teve uma influência dos Mamonas Assassinas?

Na verdade eu cantei a Tudo de Dois pensando no humorista Falcão.As bandas hoje gravam músicas irreverentes,mas não é só gravar: tem que sentir o que a música pede, e eu senti que a música pedia isso.

É incrível sua irreverência, mesmo sendo um trabalho em estúdio você brinca no meio das músicas. Por exemplo na Tudo de Dois você diz: cadê o solo guitarrista... será o Vieira ou o Pepeu. 

Nossa marca era a fazer as coisas com irreverência e naturalidade. É muita difícil passar emoção no estúdio,você está ali sozinho,mas eu imaginava que tinha um monte de gente me ouvindo e eu não estava sozinho.

Quando paro para ouvir minha coleção vejo que vocês foram pioneiros em muita coisa que tá ai hoje, mas de uma forma ingênua sem apelação.

Era bem o nosso estilo a gente não apelava,era tipo um humor para criança. Acho que por isso as crianças gostavam muito de mim.

E o Ao Vivo?

Esse foi o CD que hoje seria de platina [100.000], na época de ouro. Junto com o do Mastruz Ao Vivo I considerado os melhores da SomZoom.

Depois vieram o Triângulo das Calcinhas, Ao Vivo II, Acústico e o Ao Vivo III.

Esses trabalhos não tiveram tanta repercussão como os anteriores,é como diz no futebol: time que está ganhando não se mexe. Se for analisar esses trabalhos citados pareciam outra banda!

Quem mexeu,o Emanuel?

Ele não opinava nesse tipo de coisa... eu percebi as mudanças mas não opinava, minha função era gravar o que mandavam.

Nesse final vou fazer algumas perguntas que todo bom forrozeiro gostaria de fazer.O que aconteceu com a SomZoom ,foi a pirataria?

Quando a pirataria começou o Emanuel Gurgel baixou o preço dos CDs para combater. Acredito que foi os CDs gravados em show, aquele que falo alô pra fulano... que as pessoas começaram a curti.

Onde anda a banda?

Quando Emanuel acabou a banda em 2001,eu falei com o Trigueiro Neto [gerente da SomZoom] para continuar com o nome. De pronto ele intermediou e Emanuel aceitou, comecei do zero. Hoje a banda está sediada em Recife com o Erilson Hermes [o matuto], empresário da Capital do Sol, a quem agradeço por ter dado continuidade ao nosso trabalho e ser  um dos grandes divulgadores do forró das antigas.

E o DVD?

Estamos estudando data e local.

É possível a participação de ex-integrantes.

Sim, sempre tenho contatos com eles, estou estudando junto com o Matuto. Alguns trabalham em outras bandas,outros estão em outras atividades.

Por falar em outras bandas, o que você acha do novo forró?

Acho que tudo na vida se renova,eu respeito o novo forró,o que me deixa triste são as músicas descartáveis. O ponto positivo são as estruturas montadas nos shows que antigamente não existia.

Obrigado e deixe uma mensagem final.

Quero agradecer a você,a todos do Forrodicumforça por divulgar o nosso forró.Agradecer também as pessoas que viveram o movimento forró das Antigas. Um grande abraço!

Alexandre de Caruaru
Fonte: Forró Dicumforça
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Quem quiser contratar a banda Aquarius para shows os contatos são:

    (81) 3525-4878
    (81) 9224-8788
    (81) 9291-2803

    ResponderExcluir

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei.

Número Total de Visitas

Siga por E-mail

Translate

As Mais Vistas da Semana

Sintraf - Sairé

Arquivo do blog

Todos os Direitos Reservados à Washington Carvalho e Grupo UEEPAA de Comunicação. Tecnologia do Blogger.
uery.min.js' type='text/javascript'/>